segunda-feira, 6 de abril de 2009

Acabo com a sua vida

Agarrou-o pela gola e o empurrou contra a parede:
— Acabo com a sua vida!
Puxou-o para mais perto de si.
Mordeu.
Mordeu sua boca, sua língua.
Ela o comeu inteiro.

3 comentários:

Ayza disse...

Desse jeito, quero ver quem é que não quer ter a vida acabada.

Mayra disse...

kkkkkkkkkkk.. Deve ser a gravidez, os desejos ficam incntroláveis..

Larissa Fernandes disse...

Olhe, Mayra, eu vou lhe dizer uma coisa: em se tratando de certas pessoas, não é preciso gravidez, não. =x